NOVO LOTE DE ENCOMENDAS - Telescópios e montagens estarão em pré-venda, a partir do dia 20 de Novembro a 20 de dezembro, para formarmos um lote de pedidos. Mais informações sobre o sistema de pré-venda, clique aqui.

PROMOÇÃO - Selecionamos alguns filtros da Optolong para oferecer um desconto de 7%. Compras com pagamento à vista ainda obtém um desconto extra de 5%.

Eventos Celestes Visíveis em Março 2015

Neste mês de março estamos mudando de estação, o verão está se despedindo junto com a sua temporada de chuvas, no dia 20 de março de 2015 irá iniciar o outono no hemisfério sul, começando uma ótima época de observação celeste, com o céu estrelado antes das noites frias do inverno.
Logo no início do mês teremos ao anoitecer a conjunção Marte, Vênus e Urano, apesar do penúltimo planeta do sistema solar não ser visível a olho nu em locais com poluição luminosa.
Neste mês começa o espetáculo da luz zodiacal e da banda zodiacal, são fenômenos causados pela luz solar refletida em “micro-poeira" interplanetária no plano do sistema solar. Estas partículas possuem dimensões da ordem de 1 a 350 mícrons, provenientes de detritos de cometas e micrometeoróides, que possivelmente são originários da formação do Sistema Solar. 
Para observar a Luz Zodiacal, escolha uma noite escura, sem o brilho lunar, com céu totalmente limpo, longe de poluição luminosa e com os horizontes leste e oeste livre de obstáculos. 
O espetáculo celeste começa a ser visível no céu cerca de 1 a 2 horas após o pôr do Sol, ou antes do nascer do Sol. O observador irá ver um brilho difuso, de grande formato triangular que se estende a partir do horizonte leste ou oeste. (ao longo da eclíptica).

 

luz zodiacal
Foto: Fernando Augusto Lopes/2014.

  
Para o hemisfério sul as melhores datas de observação da luz zodiacal são: 23 de Março a 8 de Maio, e de 6 de Agosto a 21 de Setembro.
No dia 20 de março de 2015, começa o outono no hemisfério sul, por coincidência de data neste dia parte do hemisfério norte irá ver um eclipse solar total, que infelizmente não poderá ser visto, nem parcialmente no Brasil.
As ilhas dinamarquesas Faroe será o melhor local de observação deste eclipse solar total. 
A Groelândia, Islândia, Europa, parte da África do Norte, Oriente Médio e noroeste da Ásia irão ver um eclipse solar parcial. Em toda a Europa o Sol será ocultado no mínimo em 50%, em Oslo, na Noruega e em Dublin na Irlanda o astro rei será ocultado em 90%.

solar eclipse


E as previsões não são boas para os eclipses solares totais no Brasil.
O último eclipse total do Sol visível no Brasil aconteceu no dia 29 de março de 2006, e passou pelo extremo nordeste brasileiro. 
O próximo eclipse solar total em território brasileiro somente irá acontecer no dia 12 de agosto de 2045, o eclipse solar total irá passar pelo Norte e Nordeste brasileiro.
O brilhante planeta Júpiter e a Lua estarão dando o show no céu por duas vezes no mês de março de 2015, no dia 2 e no dia 29 de março. Neste dia quem possuir uma luneta ou telescópio poderá observar as quatro luas galileanas.

 

TODOS OS HORÁRIOS SEGUEM A HORA DE BRASÍLIA.
 

1 de março – Domingo.
Na primeira hora da madrugada, o planeta Saturno (Mag +0.6) nasce a leste na constelação de Escorpião, próxima da estrela dupla Acrab com magnitude +2.6. 
Antes do amanhecer, Mercúrio (Mag +0.1) poderá ser observado antes do nascer do Sol no horizonte leste. A melhor época de observação será no início do mês, Mercúrio irá nascer quase duas antes do Sol, a cada dia que passar este tempo irá diminuir.
Os planetas Marte (Mag +1.3) e Vênus (Mag -4.0) estarão visíveis a oeste na constelação de Peixes, podendo ser observados por somente 1 hora após o por do Sol com o horizonte oeste livre.
Quem possuir um binóculo, luneta ou telescópio poderá observar Urano (Mag +5.9), que estará fazendo uma linha celeste com Marte e Vênus durante esta semana, no dia 4, Urano estará muito próximo de Vênus em distância angular.
Ao anoitecer o brilhante planeta Júpiter (Mag -2.5) e a Lua estarão na constelação de Câncer, a leste e os astros podem ser observados quase a noite toda. No mês de fevereiro, Júpiter estava em oposição, a melhor época de observação de qualquer astro celeste.
Durante esse mês, Mercúrio poderá ser observado antes do nascer do Sol no horizonte leste. A melhor época de observação será no início do mês, Mercúrio irá nascer quase duas antes do Sol e isto irá facilitar a observação do pequeno planeta junto com o fenômeno da luz zodiacal.

 

2 de março - Segunda-Feira.
A Lua, 93% iluminada estará próxima de Júpiter (Mag -2.5) e do aglomerado do Presépio (M44) na constelação de Câncer. O aglomerado do presépio possui magnitude +3.4 e pode ser observado a olho nu em locais sem poluição luminosa.
A Lua estará muito próxima do aglomerado estrelar aberto M67, com magnitude +6.9, não observável a olho nu.

 

4 de março - Quarta-Feira.
No anoitecer, Urano (Mag +5.8) estará muito próximo de Vênus (Mag -4.0) em distância angular. Será a mais próxima conjunção astral do ano 2015. Com um binóculo, luneta ou telescópio o observador poderá contemplar esta conjunção celeste não visível a olho nu. É necessário ter o horizonte oeste livre de obstáculos. Os astros se põem por volta das 20:00 horas a oeste.
No dia 9 de março, Urano estará ao lado de Marte.

 

conjunção vês urano e marte

 

A Lua 99% iluminada estará próxima da estrela Regulus (Alpha Leonis) na constelação de Leão, com magnitude +1.3. A estrela está muito próxima da linha eclíptica e raramente pode ser ocultado por planetas, em outubro de 2044, o planeta Vênus irá ocultar a estrela Regulus. A brilhante estrela é um sistema múltiplo de estrelas, com 4 estrelas.
Nos telescópios amadores o observador irá ver somente uma estrela.

 

5 de março – Quinta-Feira.
Lua cheia às 15:05. Neste dia a Lua estará no apogeu (mais distante da Terra), distante 406,385 km.

 

8 de março – Domingo. (Dia Internacional da Mulher)
Lua próxima da estrela Spica (Alpha Virginis) na constelação de Virgem, a estrela com magnitude +0.9 é a 15º estrela mais brilhante do céu. 
Spica está representada na bandeira do Brasil acima da inscrição: Ordem e Progresso e simboliza o estado do Pará.

 

constelação

 
Spica é uma estrela binária azulada. Sua gravidade estrelar mútua distorce cada estrela em uma forma de ovo, completando uma única órbita em apenas quatro dias. 
Nos telescópios amadores somente é observada uma estrela, mas muito bonita por causa de sua cor.
A chuva de meteoros pi Virginds poderá ser observada entre 3 e 9 de março na constelação de Virgem, mas em 2015, a Lua cheia irá atrapalhar muito a observação. A taxa horária desta chuva é baixa, chegando a no máximo 5 meteoros hora.

 

9 de março - Segunda-Feira.
Marte (Mag +1.3) próximo de Urano (Mag +5.8) ao anoitecer na constelação de Peixes. Os astros estarão separados por somente 0.2º.
Urano não pode ser observado a olho nu.

 

10 de março – Terça-Feira.
Lua nasce por volta das 22 horas dentro do quadrilátero estrelar da constelação de  Libra.
Uma hora depois nasce abaixo o planeta Saturno (Mag +0.6), na constelação de Escorpião.

 

11 de março – Quarta-Feira.
Na última hora do dia, a Lua estará próxima de Saturno na constelação de Escorpião. Visível a partir das 22:20.
Os astros estarão separados por somente 3º.

 

lua e saturno

 

13 de março - Sexta-Feira.
Lua em fase minguante às 14:48 e em máxima declinação sul, -18.3º.
Na primeira hora da madrugada, a Lua nasce ao lado da estrela Sabik com magnitude +2.4 na constelação de Ofiúco.

 

14 de março – Sábado.
Na primeira hora do dia, a Lua 45% iluminada e com luz cineréa estará na constelação de Sagitário, região rica em aglomerados estrelares. Uma ótima oportunidade para fazer astrofotografias nesta linda região do céu.

 

18 de março – Quarta-Feira.
Lua com luz cinérea, iluminada somente 6% estará próxima (em distância angular) do planeta Mercúrio.
Visível no final da madrugada, a partir das 5:00.

 

19 de março -  Quinta-Feira.
Lua no perigeu (mais próxima da Terra), distante 357,583 km.
Com muita dificuldade o observador poderá observar a Lua, que estará iluminada somente 1% e próxima (em distância angular) do planeta Mercúrio.
Visível no final da madrugada, a partir das 5:00 horas.

 

20 de março - Sexta-Feira. (ECLIPSE SOLAR TOTAL NÃO VISÍVEL NO BRASIL)
Sem a presença da Lua no céu, começa a temporada de observação da Luz Zodiacal, um dos mais belos espetáculos celestes, visível após o anoitecer e antes do amanhecer em locais sem poluição luminosa.
Lua Nova às 6:36, início da lunação 1141.
INÍCIO DO OUTONO.
Equinócio de outono no hemisfério Sul às 19:44, duração do dia e da noite iguais. 

 

equinócio hemisfério sul

 
Somente no dia do outono e no dia da primavera o Sol nasce exatamente no ponto cardeal leste e se põe exatamente no ponto cardeal oeste (Os raios solares estão paralelos a linha do Equador). A cada dia que passar após o outono, o Sol irá nascer mais ao norte no hemisfério sul (noites mais longas e dias mais curtos), culminando a trajetória solar no dia de inverno, quando o Sol começa a voltar para o sul ao nascer.
ECLIPSE SOLAR TOTAL NÃO VISÍVEL NO BRASIL.
O melhor local de observação será as Ilhas Faroe. 

 

eclipse solar total

 

21 de março – Sexta-Feira.
Luz somente iluminada 3,7% estará ao lado do planeta Marte (Mag +1.5), visível com dificuldade ao anoitecer. É necessário ter o horizonte oeste livre de obstáculos.

 

22 de março – Domingo.
Lua com luz cinérea próxima ao brilhante planeta Vênus (Mag -3.4), visível ao anoitecer até às 20:00 horas.

 

24 de março – Terça-Feira.
Lua com luz cinérea na constelação de Touro entre a brilhante estrela vermelha Aldebaran (Alpha Tauri) e o aglomerado das Plêiades (M 45). Visível logo após o anoitecer.
Aldebaran com magnitude +0.8 é considerado um dos olhos do Touro, o outro olho é a estrela Ain, com magnitude +3.5.
O aglomerado estrelar das Plêiades é conhecido popularmente como s sete carneirinhos ou sete estrelos. A estrela mais brilhante do aglomerado é Alcione com magnitude +2.8.  

 

Estrela aldebaran

 

26 de março – Quinta-Feira.
Lua na declinação máxima norte, 18,2º. A lua neste dia estará na constelação de Órion.

 

27 de março - Sexta-Feira.
Lua crescente às 4.43. A Lua estará na constelação de Gêmeos.

 

29 de março - Domingo.
Lua 74% iluminada estará próxima de Júpiter (Mag -1.9) e do aglomerado do Presépio (M 44) na constelação de Câncer.
Quem possuir uma luneta ou telescópio poderá observar neste dia as quatro luas galileanas e a passagem da grande mancha vermelha (GMV).
No último dia do mês o espetáculo se repete.
Aproveite par observar Saturno na constelação de Escorpião, que nasce por volta das 21:30.

 

júpiter

 

31 de março – Terça-Feira.
Na última noite de março de 2015, os planetas Saturno e Júpiter estarão dando o show com suas luas. O espetáculo somente pode ser observado com lunetas e telescópios de grande abertura, com mais de 90 mm.

 

saturno

 
A Lua 89% iluminada estará próxima da estrela Regulus (Alpha Leonis) na constelação de Leão. 
Ao anoitecer da última noite de março d 2015, a Lua já estará no céu.

BOAS OBSERVAÇÕES NAS NOITES ESTRELADAS DE OUTONO !

 

Publicado por Israel Mussi

Produtos relacionados com este assunto

1 Comentar para "Eventos Celestes Visíveis em Março 2015"

Enderson Monteiro Em 18 Mar 2015
Muito bom o post. Parabéns! Moro em Boa Vista, Roraima, e aqui é Hemisfério Norte. A cidade possui boa visualização do céu, mas não é possível alinhar a maioria das montagens equatoriais nesta região, tendo em vista que a cidade é localizada perto da latitude zero (linha do equador). Responder este comentário

Escreva um comentário

Seu Nome:


Digite o código da caixa abaixo:

Seu Comentário:
Nota: HTML não está traduzida!