Prezados clientes, até o dia 31 de agosto estaremos aceitando as compras em caracter de encomendas (Consulte o regulamento PRÉ-VENDA) dos telescópios e montagens já cadastrados no site, afim de reunirmos um lote de pedidos. Os valores atuais, são promocionais de introdução no mercado, após o dia 31, os valores deste produtos serão recalculados.

Eventos Celestes Visíveis em Junho 2015

O céu do mês de junho de 2015 nos reserva várias surpresas.
O recém descoberto cometa C/2015 G2 (MASTER) poderá ser observado no início do mês com lunetas e telescópios, será a última chance de ver cometa que está passando pelas constelação de Cão Maior, Unicórnio e Cão Menor ao anoitecer.

 

Ccometa C/2015 G2

 

Nos finais de tarde, os brilhantes planetas Vênus e Júpiter estão dando o show celeste, o show terá o ápice no dia 30 de junho quando os astros estarão muito próximos no céu em distância angular. Os astros estarão separados por somente 0,21º em distância angular no céu, a distância entre os dois planetas será menor que da Lua Cheia.
Nos dias 19 e 20 de junho a Lua irá abrilhantar o espetáculo, formando um triângulo celeste.

 

Vênus e Júpiter no céu

 
Um aperitivo para o show celeste irá acontecer no próximo dia 6 de junho, quando Vênus, Júpiter e a estrela Regulus (Alpha Leonis) estarão fazendo uma linha celeste ao anoitecer.
A cada dia que passar, o observador irá ver os planetas Vênus e Júpiter se aproximando no céu. Este será um dos eventos celestes do ano de 2015 e os planetas Vênus e Júpiter podem ser observados até por volta das 20 horas.

Depois da oposição de Saturno, que aconteceu em maio, o “Senhor dos Anéis” e a Lua também irão dar o show celeste no início e no final do mês de junho.
Os astros estarão muito próximos, separados em distância angular por somente 2º nos dias 1º e 28 de junho.

No dia 21 de junho grande parte do Brasil entra no inverno.
Neste dia  os raios solares estão alinhados com o Trópico de Câncer.

 

Estação de inverno no Brasil

 
A partir do final do mês de junho, o cometa C/2014 Q1 (PANSTARRS) poderá ser observado com luneta ou telescópio de grande abertura, antes do amanhecer. O cometa atingirá seu periélio em 6 de julho de 2015 e podemos ter novidades no céu no final do mês de julho de 2015.

 

TODOS OS HORÁRIOS SEGUEM A HORA DE BRASÍLIA.


1 de junho – Segunda-feira.
Lua ao lado do planeta Saturno (Mag +0.1) na primeira noite do mês de junho.
Saturno está na constelação de Libra e a Lua na constelação de Escorpião.
Saturno estará ao lado da estrela binária Acrab ou Graffias (Beta Scorpii), com magnitude +2,6.
A separação estelas é facilmente observada, sendo possível ver as estelas com cores diferentes. A estrela Beta Scorpii simboliza uma das garras do escorpião.
Apesar de parecer estar próximos, a Lua está distante aproximadamente 385.000 Km e Saturno está distante 1,3 bilhões de km da Terra. No dia 28 de junho o espetáculo da Lua e Saturno se repete.

Saturno na Constelação de Libra

 
 

2 de julho – Terça-feira.
Lua em fase Cheia nasce abaixo da estrela vermelha Antares (Alpha Scorpii), com magnitude +1. 
A estrela Antares está representada na Bandeira do Brasil abaixo da Inscrição: Ordem e Progresso e abaixo da letra "o" no final da palavra PROGRESSO.
Antares é a estrela maior e representa o estado do Piauí.
A Lua estará na constelação de Ofíuco, entrando na fase Cheia às 13:19. 

 

3 de junho – Quarta-feira.
Lua na constelação de Sagitário, região rica em aglomerados estrelares.

 

6 de junho – Sábado.
Vênus na maior elongação, a 45º do Sol.
Vênus estará muito brilhante, com magnitude -4.3 (quanto mais negativo, mais brilhante o astro).
Neste dia Vênus estará iluminado 49%, será uma ótima oportunidade para ser observado com lunetas e telescópios.
Neste dia Vênus (Mag -3,9), Júpiter (Mag -1,4) e a estrela Regulus (Alpha Leonis) com magnitude +1,3 estarão fazendo uma linha celeste ao anoitecer, o espetáculo celeste será visível até às 20 horas.  

Planeta Vênus na maior elongação

 

9 de junho – Terça-feira.
Lua em quarto-minguante às 12:42.
No início da madrugada, a Lua nasce ao lado do planeta Netuno (Mag +7,7) na constelação de Aquário.
Netuno não é visível a olho nu, mas com um telescópio ou luneta binóculo já é possível ver o último planeta do sistema solar.

 

10 de junho – Quarta-feira.
Lua no perigeu (mais próximo da Terra) às 2 da madrugada
Nosso satélite natural estará a 369.711 km.

 

11 de junho – Quinta-feira.
Na madrugada, a Lua estará acima do planeta Urano (Mag +6,2) na constelação de Peixes.
Urano não é visível a olho nu, mas com um simples binóculo já é possível ver o lindo planeta azul.

 

12 de junho - Sexta-feira.
A Lua com luz cinérea nasce por volta das 3 horas da madrugada à direita do quadrilátero de Pégaso. A lua estará na constelação de Peixes.
No final da madrugada, por volta das 5:30 o planeta Mercúrio nasce ao lado do aglomerado das Plêiades (M 45). 
No dia 23 de junho, Mercúrio e Aldebaran estarão separados por somente 1,5º em distância angular.
O cometa C/2014 Q1 (PANSTARRS) estará visível com lunetas e telescópios, ao lado do aglomerado estrelar das Plêiades (M 45). Visível a partir das 5:30 da madrugada.
 

 

Vênus ao lado do aglomerado aberto m44
A noite Vênus estará ao lado do aglomerado do Presépio (M 44)

 

 

13 de junho – Sábado.
Vênus (Mag -4,0) ao lado do aglomerado do Presépio (M 44) n constelação de Câncer.
O aglomerado é visível a olho nu, com magnitude +3. 

 

14 de junho – Quinta-feira.
Lua com luz cinérea, iluminada somente 5,6% estará próxima do aglomerado das Plêiades (M 45), na constelação de Touro.
A Lua nasce no final da madrugada, por volta das 5 horas.
Abaixo da Lua estará o planeta Mercúrio com magnitude +1,7.

 

15 de junho – Segunda-feira.
Lua iluminada somente 1,7% estará ao lado da estrela Aldebaran (Mag 0,8) na constelação de Touro. Acima da Lua estará o planeta Mercúrio.

 

16 de junho – Terça-feira.
Lua Nova às 11:05. Início da lunação 1144.

 

19 de junho – Sexta-feira. TRIÂNGULO CELESTE AO ANOITECER.
Lua ao lado de Vênus e do aglomerado do Presépio (M 44) na constelação de Câncer.
A Lua, e os brilhantes planetas Vênus (Mag -4,0) e Júpiter (Mag  -1,8) irão dar o show celeste no anoitecer, formando um lindo triângulo celeste ao anoitecer. 
Quem possuir uma luneta ou telescópio pode observar as quatro luas galileanas (Ganimedes e Europa de um lado e Io e Calixto do outro lado de Júpiter) Neste dia, a Grande Mancha Vermelha (GMV) de Júpiter também poderá ser observada ! Vênus estará iluminado 41%.
Aproveite para observar o cometa C/2015 G2 (Master) que estará próximo da estrela Prócion, na constelação do Cão Menor.
Visível até por volta das 20 horas.

 

Estrelas muitos fortes próximas

 


20 de junho – Sábado. TRIÂNGULO CELESTE AO ANOITECER.
Lua ao lado de Júpiter na constelação de Leão e Vênus na constelação de Câncer fazem um lindo triângulo celeste visível do anoitecer até às 21 horas.
Na última noite do outono, a Lua estará iluminada 18%, o nosso satélite natural estará ao lado do planeta Júpiter na constelação de Leão.
As quatro luas galileanas poderão ser observadas novamente, (Ganimedes e Io de um lado e Europa e Calixto do outro lado de Júpiter). O destaque é que a lua Io será ocultada por Júpiter, aparecendo atrás do maior planeta do sistema solar por volta das 19:19 horas.

 

21 de junho – Domingo. INÍCIO DO INVERNO.
Início do inverno no hemisfério sul e início do verão no hemisfério norte às 13:38.
É a noite mais longa do ano e o dia mais curto do ano no hemisfério sul.
O início do inverno é o dia que o Sol alcança o ponto mais distante ao norte do equador celeste, nascendo mais a ao norte em relação ao nascer do Sol nos equinócios da primavera e outono, quando o Sol nasce exatamente no leste e se põe exatamente no oeste.

 

Inicio de Inverno Hemisfério sul


A noite a Lua estará ao lado da estrela Regulus (Alpha Leonis), com magnitude +1,3 na constelação de Leão, os planetas Júpiter e Vênus estarão abaixo da Lua na longa noite de inverno.

 

23 de junho – Terça-feira.
No final da madrugada, o planeta Mercúrio (Mag +1,0)  estará ao lado (em distância angular) da gigante  estrela vermelha Aldebaran (Alpha Tauri). Visível a partir das 5:30 da madrugada até os primeiros raios do amanhecer. Os astros estarão separados por somente 1,5º.

Planeta Mercúrio


Lua no apogeu (mais distante da Terra). A Lua estará distante 404.132 km

 

24 de junho – Quarta-feira.
Mercúrio na maior elongação, distante 23º do Sol, visível no final de madrugada entre os chifres do Touro, na constelação que leva este nome.
Lua entra em fase crescente às 8:03.
Lua ao lado da estrela dupla Porrima (Gamma Virginis) na constelação de Virgem. A estrela tem magnitude +3 e está próxima da eclíptica e raramente pode ser ocultada pela Lua ou por planetas.

 

25 de junho – Quinta-feira.
Lua ao lado da estrela binária Spica (Alpha Virginis) na constelação de Virgem. Spica é uma estrela muito brilhante, com magnitude +0,9.
O brilho da estrela é por causa das duas estrelas, mas elas não são visíveis em pequenos telescópios. Por estarem muito próximas, as estrelas tem o formato de ovo, por causa da força gravitacional.
A estrela é representada na bandeira do Brasil acima da inscrição Ordem e Progresso, e representa o estado do Pará.

 

27 de junho – Sábado.
A Lua estará ao lado da estrela Zubenelgenubi (Alpha Librae) na constelação de Libra, uma das estrelas que compõem o quadrilátero de Libra. A estrela possui a magnitude +2,7.
Abaixo da Lua estará o planeta Saturno (Mag +0,4) na constelação de Libra..
Dé uma olhada para o oeste e observe os planetas Vênus e Júpiter na  constelação de Leão. Os brilhantes planetas já estarão muito próximos.

 

28 de junho – Domingo.
Lua nasce ao lado do brilhante planeta Saturno na constelação de Libra.
Os astros estarão muito próximos, separados em distância angular por somente 2º.
A Lua estará abaixo do quadrilátero de Libra, iluminada 88%.

 

Saturno do Lado da lua.

 
Vênus e Júpiter estarão muito próximos (em distância angular), abrilhantando o entardecer e anoitecer do último domingo de junho de 2015.

 

29 de junho - Segunda-feira.
Lua nasce abaixo de Saturno (em distância angular) e ao lado da brilhante estrela vermelha Antares (Alpha Scorpii).
A Lua estará na constelação de Ofíuco, o lindo planeta Saturno estará na constelação de Libra e Antares estará na linda constelação de Escorpião.

 

30 de junho – Terça-feira – VÊNUS E JÚPITER MUITO PRÓXIMOS EM DISTÂNCIA ANGULAR.
Os planetas Júpiter e Vênus irão dar o show celeste no anoitecer da última noite de junho de 2015.
Os astros estarão separados por somente 0,21º em distância angular e o espetáculo celeste será visível do anoitecer até as 20 horas.

 

Júpiter e Vênus juntos no céu.

 
Quem possuir uma luneta ou telescópio poderá observar as 4 luas galileanas (Calito, Europa, Io e no outro lado de Júpiter a Lua Ganimedes).
Vênus estará iluminado 34%. Os planetas Mercúrio e Vênus possuem fases, como a Lua.
Saturno e a Lua estarão abrilhantando um dos espetáculos celestes do ano de 2015.
Saturno é visível a olho nu a leste na constelação de Libra e a Lua estará abaixo, na constelação de Ofiúco. 

No primeiro dia de julho a Lua entra em fase Cheia e a comunidade astronômica aguarda a passagem do cometa C/2014 Q1 (PANSTARRS) pelo periélio no dia 6 de julho, pelas projeções o cometa poderá ser visto a olho nu em meados de julho, ao entardecer !

 

 

BOAS OBSERVAÇÕES !

 

Publicado por Israel Mussi

Produtos relacionados com este assunto

4 Comentar para "Eventos Celestes Visíveis em Junho 2015"

Monserrat Em 01 Aug 2015
Hoje pela noite de 30/07/2015 foi visto no céu do interior área rural na divisa entre Uruguaiana e Quarai algo muito estranho tratava-se de uma inmensa bola cor de fogo com uma cauda enorme azul aquilo passou bem proximo de nossas casas na verdade ficamos assustados e ao mesmo tempo fascinados pelo belo espetaculo era muito lindo.Podes me dizer o que foi que vimos? Responder este comentário
Barros Em 04 Aug 2015
Olá também visualizei algo muito estranho nesse mesmo dia próximo da lua quando a fotografava por volta da meia noite. Eu estava fotografando a lua da janela do meu quarto a olho nu não notei nada estranho mas quando fui verificar as fotos estava registrado uma imagem de formato redondo e cor vermelha..fiquei assustada pois nao tinha nenhuma outra luz no ceu naquele momento. O que terá cido?
Israel Mussi Em 11 Jun 2015
O programa utilizado é o Stellarium! Responder este comentário
Natan gomes Em 11 Jun 2015
As imagens que ilustram o artigo é de qual programa? Obrigado. Responder este comentário

Escreva um comentário

Seu Nome:


Digite o código da caixa abaixo:

Seu Comentário:
Nota: HTML não está traduzida!